Nota fiscal de Importação

169 visualizações

Este manual foi desenvolvido para explicar o passo a passo das configurações necessárias para utilizar o novo método de cálculo de impostos de importação dentro do Odoo.

Configurações Iniciais

Existem diversas configurações que se fazem necessárias para alterar o método de cálculo dos impostos para atender a complexidade do cálculo de impostos de importação. 

Importante!
 Depende da instalação dos seguintes módulos: br_purchase_stock, br_stock_account e weight_purchase

Posição fiscal de Importação

Afim de se utilizar as funcionalidades do módulo que altera o cálculo dos impostos, deve-se criar uma nova Posição Fiscal do tipo importaçãoEste campo altera a maneira de cálculo dos impostos (ICMS, IPI, PIS, COFINS, II) e também altera o cálculo dos valores de Frete, Seguro e Despesas Aduaneiras no Pedido de Compras para que sejam rateados nos valores individuais dos produtos.

Ao criar uma nova Posição Fiscal basta selecionar no campo Tipo a opção Entrada Importação.

Criação de uma nova Posição Fiscal para ser utilizada nos casos de Importação.

Impostos específicos para Importação

Uma vez que o módulo altera o método de cálculo dos impostos, se faz necessário um cadastramento de novos impostos para utilização específica na posição fiscal criada anteriormente. 

  1. Deve ser selecionada a opção Percentagem do Preço no campo Cálculo de Impostos

  2. Devem ser desabilitadas as opções Incluído no Preço e Afeta a Base de Impostos Futuros 

1. Criação de Impostos de Importação alterando o Cálculo de Impostos

2. Criação de Impostos de Importação desabilitando as opções Incluído no Preço e Afeta a Base de Impostos Futuros.

Importante!
 Devem ser replicadas as configurações para todos os impostos envolvidos na Importação, isto é, ICMS, PIS, COFINS, IPI e Imposto de Importação (II)

Solicitação para Cotação ou RFQ

Deve-se selecionar uma Posição Fiscal do tipo Entrada Importação na hora da criação de uma Solicitação de Cotação. Isto se faz necessário pois todas as informações presentes no pedido de compras serão puxadas para a Fatura posteriormente.

Definição da Posição fiscal do tipo Importação em uma nova Solicitação de Compras.

Seguro e Frete e Despesas e Despesas Aduaneiras

Na criação da Solicitação de Cotação é possível definir valores para os campos Despesas, Despesas Aduaneiras, Seguro e Frete. Estes valores serão distribuídos através dos produtos e alguns deles influenciam a base de cálculo para o ICMS.  

Despesas, Despesas Aduaneiras, Seguro e Frete de uma Solicitação para Cotação de Importação.

Seguro: Neste campo são inseridas as informações de seguro do procedimento de importação. O valor inserido neste campo será dividido entre os produtos da cotação e será incluído na base de cálculo dos impostos.

Frete: Neste campo são inseridas as informações de frete. O valor inserido neste campo será dividido entre os produtos da cotação levando-se em consideração o peso de cada produto. Este valor também afeta a base de cálculo dos impostos. 

Importante!
Todos os produtos da cotação devem ter um Peso associado em seu cadastro para que o valor do Frete seja distribuído e corretamente calculado para cada um dos produtos da cotação.

Despesas Aduaneiras: Neste campo são inseridas as informações de despesas provisionadas durante a importação. O valor inserido é utilizado somente para formar a base de cálculo do ICMS dos produtos da cotação. Este campo não compõe o custo total do produto.

Despesas:  Este campo não influencia no cálculo dos impostos e referencia o valor real das despesas do procedimento de importação. O valor inserido neste campo será divido entre os produtos da cotação e fará parte do custo total do produto.

Fatura de Importação

Uma vez que a Solicitação de Cotação é aprovada e é confirmado o pedido, pode-se dar a entrada dos produtos através do botão de Recebimento

Após o recebimento dos produtos, pode ser criada uma Fatura de Fornecedor com as informações inseridas na cotação de compra. 

Importante!
A posição fiscal de Importação deve ser selecionada novamente na verificação da Fatura de Fornecedor caso não seja uma posição fiscal padrão para o Fornecedor selecionado.

Botão Faturas permite a criação de uma Fatura de Fornecedor.

Selecionar Posição Fiscal de Importação antes de validar a fatura.

Inserindo dados de DI

Para inserir os dados de validação do documento de DI (Declaração de Importação), acesse a Fatura de Fornecedor, clique em Editar e depois encima da linha do produto. Por fim, acesse a aba II e coloque as informações para validar o documento.

Insira as informações para validação da DI.

Lançamentos Contábeis

Após a validação da Fatura de Fornecedor, serão realizados os lançamentos nas contas de despesas. Dependendo da configuração dos impostos de importação, é possível fazer o lançamento em contas individuais para os impostos ou lançá-los na mesma conta de despesas dos produtos associados. 

Os valores de Seguro, FreteDespesas é somado nos lançamentos dos produtos. O valor provisionado, campo Despesas Aduaneiras, não entra para o cálculo dos lançamentos,  seu valor é utilizado exclusivamente para o cálculo dos impostos de importação. 


Este documento te ajudou?

Precisa de mais ajuda?

Contate o Suporte